Novena à Virgem da Ternura – 3º dia

Magnificat

Oração de invocação ao Espírito Santo – Rei Celeste, Espírito consolador

Rei celeste, Espírito Consolador, Espírito de Verdade, presente em toda parte e a tudo cumulando, tesouro de todo bem e fonte da Vida, vinde, habitai em nós (2x), purificai-nos e salvai-nos, ó Vós, que sois bom!

Leitura – Lucas 1, 46-55

O Magnificat — 46 “Maria, então, disse: Minha alma engrandece o Senhor, 47e meu espírito exulta em Deus em meu Salvador, 48porque olhou para a humilhação de sua serva. Sim! Doravante as gerações todas me chamarão de bem-aventurada, 49pois o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. Seu nome é santo 50e sua misericórdia perdura de geração em geração, para aqueles que o temem.51Agiu com a força de seu braço. dispersou os homens de coração orgulhoso. 52Depôs poderosos de seus tronos, e a humildes exaltou. 53Cumulou de bens a famintos e despediu ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrado de sua misericórdia 55— conforme prometera a nossos pais — em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre!’”.

Meditação

A oração de Maria é, antes de tudo, fervorosa e centrada em Deus e, por isso, alegre. Não que na sua vida não houvesse lutas, dores, frustrações e sofrimentos, mas, a verdade de quem é Deus e, principalmente, a gratidão por tudo aquilo que Deus tinha realizado em sua vida, superava em muito todos os desafios juntos.

Precisamos pedir a Maria que nos ensine esse louvor alegre e confiante, unindo-nos ao louvor que ela mesma faz ao Pai, porque também em nossa vida Deus realizou grandes coisas. Essa forma de oração será uma profunda libertação de nossas tristezas, desesperanças e falta de força para enfrentar os desafios do nosso dia a dia.

(se a novena for feita pessoalmente, faça um momento de silêncio para meditar; se for feita em grupo, é o momento para a partilha).

Oração do dia:

Ó Virgem da Ternura, tu que disseste: “minha alma engrandece o Senhor, e meu espírito exulta em Deus em meu salvador” (Lc 1,46), ajuda-nos em todos os momentos de nossa vida a manter em nosso coração o louvor a Deus, especialmente nos momentos mais dolorosos e desafiantes de nossa vida. Amém.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…

 

Consagração à Virgem da Ternura

Consagro-me a ti, ó Virgem da Ternura, tu que és a amada filha de Deus Pai, obediente esposa do Espírito Santo e mãe amorosa de Jesus. A tua íntima relação com a Trindade santa te transfigurou num grau de beleza, doçura e ternura jamais alcançados por nenhuma outra criatura do céu ou da terra.

Ó Virgem da Ternura, tu que és bela, atrai meus sentidos, afetos e faculdades para Jesus para que assim eu possa conhecê-Lo como “Caminho, Verdade e Vida”.

Ó Virgem da Ternura, tu que foste plenamente dócil a Deus, ensina-me o caminho da obediência ao teu Filho Jesus, para que eu possa dizer como São Pedro: “a quem iremos, só tu tens palavras de vida eterna”.

Ó Virgem da Ternura, tu que, ao conviver íntima e profundamente com teu Filho Jesus, te tornaste toda terna, ensina-me o caminho da intimidade com Ele, para que eu também possa dizer como São Paulo: “já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”.

Por fim, ó mãe bela, doce e terna, como filho confiante na tua união com teu amado Jesus, peço a graça…. (pedido pessoal), sabendo que serei atendido conforme a vontade do Pai, que me ama e sabe o que é melhor para mim. Amém.

Pai nosso…

Ave-Maria…

 

Reze conosco os dias da novena: